Nesta segunda-feira (12), a direção do Setor de Tecnologia da UFPR se reuniu com representantes do Consórcio Público Intermunicipal de Inovação e Desenvolvimento do Estado do Paraná (Cindepar), para tratar de uma proposta de convênio entre e o Consórcio a Universidade Federal do Paraná, que possibilitará aos 81 municípios consorciados receberem consultoria técnica na realização de obras de infraestrutura e de desenvolvimento urbano, como pavimentação asfáltica e iluminação pública. 

consórcioufpr

O diretor do Setor de Tecnologia, prof. Dr. Horácio Tertuliano Filho, afirmou que parcerias como esta são possíveis, pois a UFPR investe em pesquisas na área e detém o conhecimento necessário por meio de seu corpo docente (professores) e pesquisadores. “Todo conhecimento produzido na Universidade deve beneficiar a comunidade de alguma forma. Esta parceria pode possibilitar ainda a extensão universitária, permitindo que alunos de graduação e pós-graduação contribuam com suas pesquisas e adquiram experiência na realização de grandes projetos”, afirmou o diretor.

Para o presidente do Cindepar, prefeito de Astorga, Arquimedes Ziroldo, a parceria se faz necessária, pois uma das dificuldades, quando se trata de infraestrutura, é definir que tipo de obra deve ser realizada do ponto de vista do custo-benefício. “Por meio do Consórcio adquirimos o maquinário e os contratamos profissionais, mas não temos condições de dar este tipo de suporte aos municípios”, ressaltou.
De acordo com o prof. Dr. Eduardo Ratton, titular do Departamento de Transportes da UFPR, projetos e obras de infraestrutura demandam conhecimento técnico específico e se apresentarem equívocos correm o risco de não saírem do papel ou de serem paralisadas, ocasionando prejuízos para o município e consequentemente para os cidadãos.

A reunião foi intermediada pelo deputado federal, Alex Canziani (PTB-PR), que destacou as vantagens da organização dos municípios no formato de Consórcio Público. “A união formalizada dos municípios permite agilidade na realização de obras e na aquisição de bens e serviços e facilita a transferência de recursos públicos”, afirmou.

Também participaram da reunião os professores Mauro Lacerda Santos Filho (Setor de Tecnologia) e Carlos Aurélio Nadal (Setor de Ciências da Terra), professor Eduardo Teixeira da Silva (diretor do Campus Avançado da UFPR em Jandaia do Sul) e o deputado estadual Tião Medeiros (PTB-PR).